Benefícios da Castração

  

O animal sofre menos se for castrado, principalmente se a cirurgia for precoce, até os 6 meses de idade (ou seja, antes do primeiro cio das fêmeas e antes da completo desenvolvimento dos hormônios sexuais dos machos).

 

Por quê?

Há inúmeros trabalhos científicos veterinários que comprovam que machos e fêmeas castrados possuem uma maior expectativa de vida.

Tal fato deve-se a vários motivos:

A fêmea castrada antes do primeiro cio tem quase nula a chance de desenvolver tumores de mama quando tiver mais idade. O tumor de mama é o câncer mais comum, principalmente em gatas idosas.

Além disso, evita totalmente a possibilidade de tumores de ovário e útero, sem falar na piometra, infecção uterina que comumente afeta fêmeas em qualquer idade.

Sabe-se que a castração realizada precocemente, diminui as chances da gata apresentar os tumores de mama. Por isso, quanto mais cedo melhor, porque o efeito da cirurgia, para este objetivo, diminui com a ação dos hormônios liberados nos cios.

Como se a prevenção de câncer não bastasse, temos também suprimidos todos aqueles sintomas de cio, como o sangramento, o inchaço da vulva, a gestação psicológica, além dos miados constantes, as tentativas de fuga e a inquietação típicas das gatas.

No macho as vantagens também são inúmeras:

A castração previne totalmente a incidência de tumores testiculares e diminui consideravelmente o câncer de próstata, as hérnias perineais e a hipertrofia prostática, comum em machos idosos e frequente causa de infecções urinárias.

Além disso torna o animal mais comportado, diminuindo as fugas e brigas, levando a uma menor incidência de infecções, doenças e atropelamentos.

O macho castrado, também não vai marcar tanto o território através da urina.

Podemos afirmar que os animais só mudam seus comportamentos para melhor depois da cirurgia.

O animal castrado não perde a sua personalidade, pelo contrário, sem estar mais sujeito às ações dos hormônios sexuais, torna-se mais calmo e sociável, podendo se dedicar mais às brincadeiras com os donos e outros animais.

Por todos os motivos citados e por todos os gatos com donos ou sem donos, a castração é, acima de tudo, um ato de amor!

Cuidados Básicos

 

Os gatos devem ser escovados semanalmente. Tal prática favorece a limpeza da pelagem, além de prevenir a ingestão de pelos quando o animal se lambe. Conhecidos por sua higiene, gatos se limpam constantemente e isso dispensa banhos freqüentes. As caixas de areia devem ser limpas diariamente, evitando que o animal escolha outros lugares para fazer suas necessidades. Unhas e ouvidos devem ser supervisionados periódicamente pelo dono e/ou veterinário e devem ser cortadas/limpos se necessário.

Gatos devem ter acesso constante a um comedouro e a um bebedouro bem abastecidos. Preferem água corrente e costumam ingerir mais líquido quando tem essa possibilidade, hábito que previne muitas doenças renais. Por isso é muito importante que os gatos tenham sempre água freca à disposição. 

A ração deverá estar sempre disponível ao animal e reposta assim que necessário. A qualidade da ração é fundamental para a saúde do gato. As do tipo Premium e Super Premium são as nutricionalmente indicadas e balanceadas. 

Até os doze meses, o British Short hair é considerado filhote. Nesta fase, o alimento indicado são rações específicas para filhotes. 

A partir de um ano o gato é considerado adulto. Deve-se então, mudar a ração para específica de adulto.

Logo Royal_edited.jpg

Castração

Como ela pode proporcionar saúde e bem estar para o seu gato.

Dicas de Cuidados

Alguns cuidados básicos que garantem ao seu gato uma vida mais saudável.

Redes Sociais

Curta nossa fan page no Facebook e fique por dentro das novidades.

Fale Conosco

Dúvidas ou informações? Estamos à disposição para atendê-los.

© 2015 por Gatil Meri-Bastet